segunda-feira, 24 de abril, 2017

O maravilhoso projeto da vinícola Marchesi Antinori

Lifestyle

Quem viaja pela bela Toscana entre Florença e Siena, encontra pelo caminho inserido nas belas colinas de Chianti a vinícola Marchesi Antinori. É uma obra de arquitetura inovadora e projetada por Archea Associati em parceria com a Hydea, foram quase uma década desde a concepção a finalização desta obra. Com um projeto que busca trazer elementos sustentáveis e com menor impacto possível.

“A construção física e intelectual da vinícola é centrada em uma profunda ligação e enraizamento com a terra, uma relação tão intensa e profunda, a ponto de conduzir a imagem arquitetônica a se esconder e confundir-se”, diz o arquiteto idealizador Marco Casamonti.

vinicola_antinori_archea_associati-10-753x563

Mesmo inserida na terra, ela procura através dos declives naturais transporem uma fachada toda em revestimento de aço corten que mantém a cor da terra e o vidro para que não se perca de vista para os vinhedos cultivado e desenhado, ao longo das curvas dos níveis do entorno.

ARCHEA_CANTINA_ANTINORI_009_PS

ARCHEA_CANTINA_ANTINORI_017_PS

Cantina-Marshesi-Antinori-e1435595672571

Aproveitando todo o declive natural do terreno, existem aberturas na parte superior onde fazem a passagem de ventilação e toda a climatização de ar da adega onde descansam as barricas de vinho.

ARCHEA_CANTINA_ANTINORI_031_PS

002_home_foto2_0

Com a retirada de toda a terra, foram confeccionados tijolos de terracota para o revestimento de todo o interno da vinícola que mais parece o interior de uma catedral, este material faz com que prevaleça a temperatura subterrânea, ao mesmo tempo em que isola e refresca toda a temperatura do local, chegando a 14 graus em dias quentes.

ARCHEA_CANTINA-ANTINORI_027_PS

O espaço mantém ótimas condições de temperatura e umidade necessárias ao lento processo de envelhecimento dos vinhos, assim com pouca luminosidade inserida no espaço.

ARCHEA_CANTINA-ANTINORI_032_LF

Antinori_salotto-652x438

O auditório todo revestido em madeira com poltronas de design minimalista te convidam para assistir a toda trajetória de vida da famiglia Antinori.

012_auditorium

Projeto | ARCHEA Associati |
Arquiteto | Marco Casamonti |
Site | www.antinori.it |

por Renata Silveri
terça-feira, 20 de outubro, 2015

Ciao Bella Italia!

Lifestyle

Depois de alguns meses sem dar noticias, eis que retorno com muitas novidades de uma recém viagem de férias pela Itália.

Certa vez ouvi alguém dizer que “viajar é um dos atos mais desejados da vida, viajamos para abrir nossa cabeça e sair um pouco da rotina, fugir do tédio, se colocar em situações não imaginadas em cenários absolutamente novos. Estar em outro lugar faz com que a mente fique mais ágil, versátil, criativa e quando viajamos os problemas do dia a dia tomam outras perspectivas e nos presenteamos com o direito de contemplar mais a vida.”
É indescritível colocar em um post tudo que se vive em uma viagem e às vezes as sensações únicas que cada um sente pode parecer surpreendente ou comum para outras pessoas, isso vai depender do seu olhar. Mas temos uma única certeza, viajar enriquece a alma!
Pretendo dividir aqui um pouquinho desta inesquecível viagem por este país que me encanta cada vez mais…

Começamos pela região da Emilia Romagna, onde Bologna foi nossa primeira parada. A cidade é simplesmente linda e é também conhecida na Itália como “La Dotta, La Rossa, La Grassa”, que se traduz como “a educação, o vermelho e a gordura”. A “educação” é em referência à universidade da cidade, que é a mais antiga da Europa, fundada em 1088 e que ainda está em funcionamento.

DSC00903

Vista panorâmica da cidade.

O “vermelho” se refere aos tijolos vermelhos que estão presentes na maioria dos edifícios. Do alto a vista panorâmica revela esta cor que prevalesse na maioria das construções da época. Esta foto foi tirada do mirante da Piazza di San Michele in Bosco e fica a dica, para quem tem pouco tempo na cidade eu recomendo fazer o citytour com paradas pelos principais pontos turísticos, assim você se localiza e tem uma visão melhor de onde pretende parar e conhecer com calma.

DSC00922

Basilica di San Petronio

A “gordura” se deve a rica tradição de sua culinária, deu nome ao famoso molho à bolognesa, ou melhor, ragù alla bolognese como é conhecido por lá. Como em todas as partes na Emilia-Romagna existe a tradição regional da produção de embutidos como o prosciutto di parma e queijos como o parmigiano reggiano. Por Bologna o gostoso é passear entre os inúmeros pórticos da cidade que curiosamente são 38 quilômetros no total, entre as principais galerias no centro histórico da cidade tornando assim possível caminhar por longas distâncias protegido do sol e da chuva.

IMG_4267

Vitrine pelas ruas da cidade…

Próximo a Piazza Maggiore existem pequenas ruas de comércio local, ali você pode almoçar no Eataly, ou outra parada obrigatória é a Tamburini, considerada a mais antiga salumeria da cidade, onde você encontra vários produtos típicos da região.

IMG_4286

Vitrine da famosa Salumeria Tamburini, desde 1932.

A viagem está só começando….partimos de trem para Modena, onde em menos de meia hora estávamos na cidade conhecida como Slow Food and Fast Cars, cidade famosa por nomes como Enzo Ferrari, Luciano Pavarotti e atualmente por Massimo Bottura. Fizemos inúmeros passeios pela região através de um programa chamado Discover Ferrari & Pavarotti Land e depois partimos para a bela região da Toscana.

| Fotos | Renata Silveri

por Renata Silveri